Pular para o conteúdo principal

Postagens

Atletas paraolímpicos voam nas assas da superação

A aeronáutica promove, em parceria com o Clube do Otimismo,desde oinicio desse ano, um projeto voltado para uma equipe de atleta muito especiais. Coordenada professor Ednaldo Gomes, o programa é vinculado a Comissão de Desporto Aeronauta (CDA) é voltado para o fomento do para desporto como uma de inclusão social das pessoas com deficiência.
Todas terças-feiras as instalações do quartel da aeronáutica, no museu do aeronauta, localizado no campos dos Afonsos , são usadas para treinosde bocha paraolímpica, que já começou a dá seus primeiros resultados. no começo do mês a equipe debocha paraolímpica do CDA participoudo primeiro Santos, as atletas Raquel Cristina e Vitoria Ciriacoconquistaram prata e bronze e a vaga na etapa nacional da modalidade , que acontecerá no fim do ano.campeonato da modalidade, realizado em Colatina , Espirito A equipe promete voos ainda mais ambiciosos, o Professor Ednaldo prepara o atleta Fabio Fernandes , para participa das competições de petra- modalidade do p…
Postagens recentes

Há representações criminosas

Nesse texto não vou entrar no mérito da culpabilidade do ex-presidente Lula, no processo da lava jato. A analise que gostaria detrazer aos leitor é como um ex-presidente- julgoaqui como alguém que tem responsabilidades infinitamente do que eue você- pode se colocar de forma tao acintosa em relação a uma ordem judicial ? vamos, apenas paraefeito de contextualizar , imaginar que todas as acusações feitas a Lula sejam falsas. Lula e a esquerda se esqueceque estamos vivendo num Estado em que as instituições estão funcionando sim. O Lula não sera torturado, vai haver um processo com todas as vastas oportunidades de defesa, é isso que vai acontecer , e que bom que isso aconteça O que meparece grave é que um ex-presidente da republica ir, tão flagrantemente contra a democracia . pois, foi isso que desde foi decretada sua prisão preventiva, é digna de um ex-presidente ? me parece que não.Com atos como de hoje , em São Bernardo, Lula se colocar na posição de quem não respeita a justiça da naçã…

O que os políticos fazem na nossa frente ?

Um dia desses vendo um vídeo da professora Lucia Helena Galvão percebi de forma bem real uma daquelasverdades que, de tão cristalinas ficam esquecidas em meia a crise ética que a sociedade brasileira , e não apenas a classe politica , estar submersa . dizia ela ’ ... sabe aquela pessoa que de tão ética que são, a simples presença impõe outro comportamento nas outras pessoas? Na frente dela’, continua a professora, ‘não se faz qualquer coisas.’ Pois é, ao ouvir essa expressão tão antiga a separei, no meu pensamento, do contexto aludido pela professora e comecei a me fazer a seguintes pergunta: será que eu sou o tipo de eleitor na frente de que um politico ficaria inibido de fazer o mal feito ? ou será que apesar de reclamar da imoralidade da politica, e mesmo tento razoes para fazer tais criticas. Eu não sou parte dessa imoralidade? Um pensamento simplista diria- ‘Uéh, não fui eu quem pegou na mão do Sergio Cabral quando ele foi assinar os contratos superfaturados, eu não empurrei o L…

Caminho do coração e associação objetivo fazem Carnaval da inclusão

A sexta-feira de carnaval começou com um grito de cidadania e inclusão das pessoas com deficiência. o bloco do Instituto Caminhos do Coração e da Associação Objetivo de deficiente foi para rua na manhã do primeiro dia de folia. cerca de 30 pessoas com e sem necessidades especiais deram um banho de alegria aos passar pelas ruas de Realengo, zona oeste do Rio, mostrando que a felicidade pode ser compartilhada. Esse é o segundo anos do bloco ,  que tem como rainha Alessandra Costa, jovem com necessidades especiais atendida pelo projeto. A professora Lilian Rose, organizadora do projeto durante toda passagem  do bloco enfatizou a importância da pessoa com necessidade  especiais serem inseridas em todos os espaços da sociedade

Teatro inclusivo promove a cidadania de alunos especiais

A oficina teatral inclusiva arte viva, projeto que promove a inserção social de pessoas com deficiência voltará com força total depois aos festejos de carnaval . embora a associação objetivo ainda não ter nosso espaço, estamos lutando bravamente para realizar esse projeto. No ano passado promovemos nossa oficina em parceria com o projeto caminhos do coração. Graças a essa parceria beneficiamos mais 30 famílias de pessoas com necessidades especiais. o projeto da oficina teatral inclusiva arte viva é um projeto da Associação Objetivo de Deficiente que promove o potencial criativo de jovens com e sem deficiência através da experiencia da arte cênica. o jornalista e dramaturgo Fabio Fernandes é o idealizador do projeto. Fabio que tem paralisia cerebral fala sobre o projeto no 3º Simpósio de Cultura inclusiva.

Teatro e o exercício da superação

Eu , nesses mais de 20 anos que escrevo para teatro, sempre tive um pé atrás de me auto intitular diretor, ator, e nem sonhando me dava o direito de dizer ‘professor de teatro‘. Era feito uma auto barreira que eu me colocava. Muito embora os meus textos sempre vinham com um manual de direção , de tantas rubricas que coloco, e ate mesmo no processo de ensaio eu enfiava minha colher na direção, eu tremia na base quando as pessoas dizia que eu era mais diretor do que autor. De todo modo quando me atrevi a assumir a oficina teatral inclusiva arte viva eu não notei que me dava uma espécie de carta de alforria. Como se eu, após tanto tempo de vivencia teatral, finalmente eu poderia pisar na areia descalço , sem proteção , sem medo. Nesse processo foi muito importante o apoio do meu irmão Jairo Santos, foi ele que me fez ‘tirar as rodinhas ‘ da bicicleta e expandi minha expressão artística durante um processo de mil duvidas. Sera que o que eu estou fazendo é legitimo? Vai dá certo? Sera q…

Inclusão e a nova sociedade

É importante se pensar a inclusão das pessoas com deficiências como um processo ‘’humano’’, que precisa caminhar para muito além do espaço da escola inclusiva ou das entidades de defesas dos direitos das pessoas com deficiência . acredito que seja importante que a sociedade compreenda que o reconhecimento da cidadania, não apenas das pessoas com deficiência mas de todos os cidadãos pertencem a segmentos desfavorecidos socialmente, é benéfico para toda coletividade. A chamada ‘inclusão’ precisa ser um processo de amadurecido de uma sociedade. Nesses cenário,  é de suma importância, que esses espaços assumam o papel de ser um ’provocadores  dessa inclusão que aconteça menos por imposições, cotas ect e mais de um surgimento de  uma  ética inclusiva. Embora eu entenda o mérito de legislação impositiva em relação a se garanti o direito desses indivíduos. A inclusão não deve ser vista como um processo que começa , nem tão pouco, que se conclua  no ambiente da escola ou muito mesmo na esfer…