Pular para o conteúdo principal

É preciso que o combate a corrupção faça parte da agenda de crescimento

Muito se fala que a operação Lava jato e o combate a corrupção que ela promove, de certa maneira, atrasa a progressão de uma agenda de desenvolvimento do país. Toda via, é preciso destaca que boa parte do atraso social                 e econômico que a sociedade brasileira vive hoje traz em sua raiz , justamente o não combate ao desmando causado pela corrupção, de  forma, eu creio que não há como dissociar a retidão da coisa publica com o crescimento econômico saudável , não me refiro à especulação que alimenta , em grande parte da corrupção , mas do capital que promove o desenvolvimento .
Eu creio que é preciso  dizer, em alto e bom som, que a população brasileira não aguenta, não compactua, não aceita, a corrupção. É preciso dizer isso, mostrar que o custo do atraso de todas instituições que tem influenciam na nossas vidas é caro , e esse atraso se deve , em grande parte à corrupção que desde sempre assola o nosso País. Eu trago, só para  aludir um exemplo. Na década de 90 o grande mal que assolava o Brasil era a inflação, e grande parte do sucesso do plano Real foi a atitude quase pedagógica do ex-presidente Fernando Henrique, que ia , na época da implementação do plano Real, a mídia explicar o que estava acontecendo. Ressalto que essa citação não é nenhum elogio a FHC, ate porque esse senhor tem muito a explicar à justiça brasileira.

Mas voltando ao assunto, hoje é preciso associar ao crescimento da economia o combate a corrupção. Um país corrupto é um país caro, injusto , e sobretudo , ‘um país corrupto é incompatível com o Estado democrático de direito’. Essa é o fato  que precisa  ser dito de forma clara, latente e diária. Essa é a obrigação de uma mídia responsável , de um ambiente acadêmico não entorpecido pela ideologia barata e, sobretudo, por uma classe politica que precisa ser refundada. Pois , uma sociedade saudável é aquela respeita suas instituições politica.   

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Hospital Barata Ribeiro tem setor de odontologia para pessoas com necedades especiais

Quem tem um familiar com deficiência mental ou neurológica grave sabe bem como é importante ter um atendimento médico que respeite as limitações inerentes à deficiência desse indivíduo. No campo da odontologia, na cidade do Rio de Janeiro, essas pessoas encontram no Hospital Barata Ribeiro, um setor especializado, com um serviço que existe há 20 anos. Por dia, são atendidos cerca de 25 pacientes com deficiências graves, como por exemplo paralisia cerebral, autismo, síndrome de Down, entre outras.
A doutora Andrea Vecchiate chefia uma equipe especializada no tratamento dentário em pacientes com problemas neurológicos e psiquiátricos, que conta também com uma técnica de saúde bucal e quatro dentistas, sendo dois no ambulatório e dois no centro cirúrgico. As consultas são realizadas no ambulatório, nos procedimentos mais rotineiros e simples, ou no centro cirúrgico, com o auxílio de sedação, em casos extremos. Ela explica que um dos fatores mais importantes é o atendimento preventivo rea…

A temática ética no contexto da educação inclusiva

‘Há como se conceber uma sociedade ética sem se preocupar com a inclusão’ ?A temática do debate da pessoa com deficiência na sociedade brasileira nem sempre é vista na sua complexidade: como algo que perpassar, ou deveria , passar pelo aprofundamento ético e moral da sociedade. Me parece importante se pensar a inclusão das pessoas com deficiência como um processo “humano”, cujo não deve se ater ao espaço da experiência sociológica da escola inclusiva, apesar da relevância desse espaço, como “provocador dessa inclusão” de modo a sermos capazes de, no futuro, conceber uma ética inclusiva o assunto da inclusão não deve ser visto como um processo que começa, nem tão pouco, que se conclua no ambiente da escola. O processo do sujeito com deficiência no contexto da educação e na sociedade brasileira deve pertencer a toda a sociedade que tem que tomar para si o dever ético de promover a inclusão de todos os indivíduos. Este compromisso com o processo de inserção das pessoas com deficiências …

3º Simpósio dá show de inclusão na Lona de Guadalupe

Aconteceu na manhã dessa sexta-feira(27) o 3º Simpósio de cultura Inclusiva na Lona Cultural Municipal Terra, em Guadalupe. O evento mostrou o talento das pessoas com deficiência, com apresentações da dupla Juripoca e neném , integrantes do projeto palaçadaria e a participação  do capoeirista  Tiao Gabriel. A programação contou com a fala do jornalista e autor  Fabio Fernandes que ressaltou a importância da expressão cultural no processo inclusão das pessoas com deficiência . ‘Criar ferramentas para que a pessoa com deficiência se expresse, no cenário cultural, é possibilitar que essa pessoa exista de forma efetiva no seu núcleo social’. Disse Fabio Fernandes.
O Simpósio de cultura Inclusiva é um evento da Associação Objetivo de Deficiente  que acontece desde 2013 e nessa terceira edição contamos com a parceria da Associação Balaio cultural e o projeto ‘Artes do suburbano‘ , vencedor do premio de ações locais, da secretaria municipal de cultura . a programação com uma bela roda de cap…