Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2011

Entidade disponibiliza livros em áudio grátis para pessoas cegas

Legal: As pessoas cegas ou que possuem um baixo nível de visão, tem acesso a livros gravados através da Audioteca Sal e Luz, uma entidade liotrópica e sem fins lucrativos. O serviço conta atualmente com um acervo de cerca de 2.700 títulos entre literatura em geral, textos religiosos e provas corrigidas voltadas para concursos públicos. O material e gravado em fitas, cds e mp3 e emprestados gratuitamente aos usuários de todo o Brasil. Apesar da importância desse trabalho , de utilidade publica, a entidade luta bravamente para não fechar as portas. Então, além do lembrete para as pessoas cegas, que desejarem ter acesso aos livros falados, fica também o recado para as empresas abraçarem essa causa que é de extrema relevância. A Audioteca Sal e Luz funciona de segunda à sexta-feira entre 8 e 16 horas na Rua Primeiro de Março, nº125, 7’ andar, Centro da cidade do Rio de janeiro e mais informações podem ser obtidas pelo o telefone: (21) 2233-8007, ou ainda no sitte: http://audioteca.org.br/…

Emprego

Através do e-mail glauciagarcia@cv.com.br , pessoas com deficiência , de todo o Brasil , podem enviar curriculum para recrutamento nas áreas de: Administração de Empresa, ciências contábeis, secretariado, direito, entre outros postos. IMPORTANTE: no campo do assunto, no e-mail deve ser escrito ‘programa diversidade’ . boa sorte..

Dica de espaço cultural acessível para surdos

O Planetário da cidade do Rio de janeiro, na Gávea, zona sul, promove um programa de visitação guiada em Libras – língua brasileira de sinais. Segundo o portal da prefeitura do Rio .são utilizados projetores e conta com a participação de um ator surdo que interagem com o público apresentando os planetas, as estrelas e constelações. As visitas são realizadas com agendamento prévio pelo o pelo telefone 2540 0610. Os heróis surdos que conseguirem agenda essa visita ‘POR TELEFONE’ poderão ter acesso a um dos poucos espaços culturais que , pelo visto, se preocupa em oferecer cultura que, diga-se de passagem, é um direito básico de todos os cidadãos a uma parcela significava da população carioca . atitude que deveria ser uma preocupação básica de todos os espaços de cultura e lazer, público ou privados de toda cidade. De qualquer forma fica o lembrete, a Fundação Planetária da Cidade fica Rua vice-governador Rubens Berardo, 100 – Gávea. Sitte: http://www.planetariodorio.com.br/